Booking.com

Como expliquei nesse post aqui sobre o Neuschwanstein, passar um dia na charmosa cidade de Füssen para conhecer os castelos é um dos passeios mais conhecidos (e adorados!) de quem visita Munich. Mas tem algumas dicas e toques que podem facilitar, e muito, sua vida! Listei nesse post algumas informações que acredito que irão fazer a diferença para que vocês possam ter um ótimo passeio, sem nenhum contratempo. Confere só:

 

*De Munich a Füssen

Ir de trem ou carro? A cidade fica a cerca de duas horinhas de Munich, e é possível fazer um bate-volta, de trem, ou mesmo de carro. Optamos pelo trem pela praticidade, mas confesso que depois me arrependi um pouco. Espero um dia poder voltar e refazer esse passeio de carro. Não pelo conforto em si, porque o trem é muito confortável também. Mas o problema é que ele não te permite parar a hora que quiser, fotografar os detalhes do caminho, da cidade, da paisagem, etc. E eu, apaixonada por esse cenário ‘casinha de boneca’ que sou, achei uma pena ter que me contorcer com a câmera dentro do trem, (muitas vezes em vão, já que mal dava tempo de um clique desajeitado e tremido). Mas fica o alerta, caso optem por ir no inverno, se informem antes junto à locadora do veículo quanto à necessidade de equipamentos específicos para o carro rodar na neve! Em alguns lugares da Europa, se faz necessário o uso de correntes nos pneus durante o período de neve, e claro, você tem que aluga-las junto com o carro, por um precinho nem sempre agradável. Apesar de pouca experiência no assunto, já alugamos carro na Europa pelo site Autoeurope e correu tudo certinho, sem problema nenhum, e com um preço muito bacana. E o que achamos bom nesse site, é que você pode escolher o pagamento em Real, ao invés de Euro, e pode pagar online com o cartão de crédito do Brasil mesmo.

Screenshot 2016-01-08 01.20.10
maps.google.com

 

*E como ir de trem?

Caso optem pelo trem, aconselho que adquiram o Bayern Ticket (ou Bavária-Ticket, em inglês). É a opção mais em conta e é bem simples de usar. Compramos em menos de dois minutinhos, naquelas máquinas automáticas espalhadas pelas estações de trem. Com o Bayern ticket, que custa 23 euros, é possível viajar por todo o estado da Baviera durante um dia inteiro. E é possível incluir até 4 pessoas no mesmo ticket, pagando só um adicional de 5 euros por pessoa. Além disso, ele é válido para todo o tipo de transporte (trem, metrô, ônibus). Mas atente-se: durante a semana, esse ticket só é valido a partir das 9h da manhã, enquanto que aos finais de semana ele vale para todo o dia, desde a 0h. Portanto se pretende chegar bem cedinho a Füssen, opte por ir no final de semana. Após comprar o ticket é só esperar o trem (você consegue consultar os horários pelo site da DB Bahn, mas quando fomos, tinha trem de hora em hora) . Todos eles saem da estação central (Hauptbahnof), portanto, se você tiver que usar algum tipo de transporte público para chegar do hotel até lá, é só comprar o ticket no seu destino inicial e já ir usando pra chegar na estação central, já que o mesmo ticket é válido para todos os transportes.

Bayern-Ticket comprado nas máquinas automáticas. Na hora da compra que você escolhe para quantas pessoas será válido. Como eu expliquei, são 23 euros, e mais 5 euros adicionais por pessoa. No caso, esse ticket foi para duas pessoas, portanto 28 euros. É bom também colocar o nome nele, caso algum fiscal passe verificando, ele vai pedir para escrever . Ah, e também não se esqueça de carimbar o bilhete na entrada da estação. Não precisa necessariamente ser na estação central. Como eu disse, ele é válido para qualquer tipo de transporte. Notem que o nosso nós carimbamos na estação Kolumbusplatz, pois precisamos pegar um metro para chegar na central para então pegar o trem para Füssen.
Bayern-Ticket comprado nas máquinas automáticas. Na hora da compra que você escolhe para quantas pessoas ele será válido. Como eu expliquei, são 23 euros, e mais 5 euros adicionais por pessoa. No caso, esse ticket foi para duas pessoas, portanto 28 euros. É bom também colocar o nome nele, caso algum fiscal passe verificando, ele vai pedir para escrever . Ah, e também não se esqueça de carimbar o bilhete na entrada da estação! Não precisa necessariamente ser na estação central, de onde saem os trens para Füssen. Notem que o nosso nós carimbamos na estação Kolumbusplatz, pois precisávamos pegar um metrô para chegar na estação central, para então pegar o trem para Füssen, portanto compramos o nosso lá e já fomos usando ele mesmo.

Levando em conta que faltavam dois minutos para o trem sair, e o próximo era daí uma hora, nossa chegada na estação foi digna de filme, com direito àquela corrida dramática de quem vai perder o último trem de um domingo à noite, então sinceramente não lembro se tem painéis informativos nas plataformas, tampouco conseguimos fotografar alguma coisa por lá, mas pode ir tranquilo que não tem erro (desde que você não chegue faltando dois minutos, ok?), qualquer dúvida, lá tem o guichê de informação, onde você pode verificar qual o número da plataforma e o horário de saída do próximo trem.
Aí é só entrar no trem, que não tem lugar marcado, então você pode se sentar onde quiser; mas escute meu conselho e sente na janela. A paisagem é realmente incrível! Chegando lá em Füssen não tem segredo, é só seguir o fluxo de gente para pegar o ônibus que vai leva-los até os pés da floresta onde ficam os castelos (eles sincronizam os horários de chegada do trem/saída do ônibus, então não precisa se preocupar em entrar no ônibus errado, pois só vai ter um lá, já esperando o trem chegar). Ah, e o Bayern-Ticket te dá direito a pegar esse ônibus também.

 

*Como comprar os ingressos para entrar nos castelos? Comprar online ou na bilheteria?

Há poucos metros de onde para o ônibus, você encontra o guichê para compra. (Lá, aliás, ocorrem a venda dos tickets pros dois castelos e também a retirada dos tickets de quem comprou online, por isso atente-se em qual das duas filas entrar). Como já adiantei, há duas opções para adquirir o ticket, ou você compra antecipado, pelo site do castelo, ou então você compra lá na hora em que chegar, na bilheteria. O bom de comprar pela internet, (apesar de ser cobrado um adicional de 1.80 euros por ticket), é que, em caso de muitos turistas naquele dia, já fica garantido o seu lugar e ninguém te tira. Entretanto, como todas as vendas de ticket são feitas com horário marcado, (e há um limite para visitantes por horário), caso você se atrase, você perde o seu ticket. Ou seja, é uma faca de dois gumes. Se você deixa para comprar na hora em que chegar em Füssen, você corre o risco de já terem esgotados os tickets do dia, ou então ter que esperar por horas até que tenha um horário com vaga, no entanto é certeza de que não perderá a hora, pois você já estará ali a poucos minutos do castelo. Por outro lado, se optar por comprar antecipadamente pela internet, está garantido seu lugar naquele horário, mas você terá que calcular bem o tempo até a chegada, para que não se atrase de modo algum. Caso opte por comprar antecipado, aconselho considerar no mínimo 3 horas de folga entre a saída de Munich e o horário do ticket – 2 horas no trem, mais uns 10 minutos no ônibus, mais a fila para retirar o ticket, que varia muito, e por fim cerca meia hora de subida até a portaria do castelo.

Image credits: website
Bilheteria. Image credits: website
Image credits: Jay Tong
Image credits: Jay Tong

 

*Chegando no castelo

A subida até o Neuschwanstein é um capitulo a parte! É de tirar o fôlego. Nos dois sentidos. A paisagem é espetacular e o clima é mesmo de se encantar. Durante  pouco mais de meia hora de caminhada, você se sente num verdadeiro conto de fadas. Por outro lado, caso você seja completamente sedentário, ou fumante, ou preguiçoso mesmo, esqueça a caminhada e considere as outras opções para encarar a ladeira. A opção mais prática e rápida é o ônibus (este não está incluso no Bayern-Ticket e custa cerca de 2 euros por pessoa, se não me engano). Ele para bem pertinho, na ponte, a Mariensbrücke, cerca de 5 minutinhos de caminhada da porta do castelo. (Ah, ali da ponte é a melhor vista do castelo para tirar fotos.) Já a terceira opção, na minha opinião a mais charmosa, é subir de charrete. Custa 6 euros por pessoa, demora cerca de 15 minutinhos e te deixa quase na porta do castelo! Caso opte por não subir caminhando, seja de ônibus ou de charrete, você pode pagar lá na hora mesmo, direto pro motorista ou pro cocheiro. Se optar por ir andando, ao longo da subida tem bancos para descansar, além de alguns quiosques que vendem lanches, bebidas e sorvetes. Ah, e dentro do castelo não são permitidos animais, também é proibido filmar e fotografar.

Image credits: Mike Steele
Image credits: Mike Steele

 

Image credits: Lauro Tadei Neto
Image credits: Lauro Tadei Neto

 

*O que fazer além do Neuschwanstein?

Apesar do centro das atenções ser o Neuschwanstein, há outras atrações ali do lado que não perdem em nada pra ele. O castelo de Hohenschwangau e o lago Alpsee compõem o conjunto de paisagens mais lindo que eu já vi! Hohenschwangau, assim como Neuschweinstein, é lindo e vale cada minuto! Quase de frente ao castelo de Hohenschwangau tem também o Museu dos Reis da Baviera. O ticket para entrada pode ser comprado junto, dos dois castelos, de um só deles, separadamente, ou o combinado das três atrações. Tudo isso no mesmo site.
E o Alpsee é para fechar o passeio com chave (e se o tempo permitir, com um pôr do sol) de ouro. A vista do lago é incrível e vale muito a pena fazer uma horinha lá, tirar algumas fotos e descansar um pouco antes de voltar para Munich.

No mais, é se deixar levar pelo clima maravilhoso que tem esse lugar! Duvido que não vão gostar!!!

5
Image credits: Lauro Tadei Neto

 

IMG_4093-2
Image credits: Lauro Tadei Neto

 

DCIM103GOPROG3991560.
Image credits: Bruna Singaretti

E se você tem mais alguma dica, compartilhe com a gente!!!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA